Breve história – 2ª parte: o S. Geraldo

 

O Salão Recreativo Bracarense foi adaptado a cinema a partir de 1948. No projeto inicial ainda não tinha o nome de S. Geraldo, mantendo a designação original de Salão Recreativo Bracarense. Na véspera, o Correio do Minho trazia o anúncio publicitário à inauguração do cinema, em 31 de Maio de 1950:

fla2

 

No dia 2 de junho de 1950 o Correio do Minho noticiava a inauguração do Cinema São Geraldo. A notícia fazia uma descrição completa da nova sala de cinema destacando as suas linhas modernas, a dimensão e conforto e a qualidade do som e da luz. O S. Geraldo passa a ser explorado até 1991 pela empresa Victoria Cine, Lda.

flag

O primeiro filme exibido pelo S. Geraldo a 1 de Junho de 1950 foi Cruzeiro de Férias/Luxury Liner (de 1948), realizado por Richard Whorf com argumento de Richard Connell, Karl Kamb e Gladys Lehman.

 

Das centenas de filmes e eventos culturais, escolhemos alguns abaixo. À medida que vamos compilando informação dispersa sobre o cinema, vamos acrescentando aqui os mais relevantes.

Em 1963 é exibido o filme “Spartacus” de Stanley Kubrick.

CINEMA S. GERALDO, Spartacus (2)

Em 1964 é reexibido o filme “O Gatopardo” de Luchino Visconti.

CINEMA S. GERALDO, O Leopardo

Em 1965 é exibido com grande sucesso o filme “4 Cabeleiras do Após Calypso” dos “famosíssimos Beatles”.

1965-10-21 beatles

 

Em 1972 o CA atua grande sala principal do S. Geraldo integrado numa récita com José Sarmento, José Tinoco Marques e Valdemar Ferreira

1972-02 RECITA DO CENTRO ACADÉMICO DE BRAGA NO S. GERALDO SG Com Biba Sarmento, José Tinoco Marques e Valdemar Ferreira.

Em 1978 é a apresentada a Grande Noite Concurso de Fado. Na fotografia vemos Artur Caldeira, Manuel Lima e filho, Francisco Seabra (Guitarra Portuguesa) e Rafael de Carvalho (Viola):

1978 Grande NoiteConcurso de Fado - Artur Caldeira, Manuel Lima e filho, Francisco Seabra (Guitarra Portuguesa) e Rafael de Carvalho (Viola) vtratada

Em 1984-85 é construído o edifício do Pé Alado que veio ocupar a rua particular que servia o S. Geraldo e eliminar os camarins e arrumos de apoio ao palco (lado Sul).

Em 31 de Dezembro de 1990 é exibido o último filme pela empresa Victoria Cine, Lda – Rocky V.

Em 1994-95 o cinema volta a funcionar temporariamente após o incêndio dos cinemas Avenida. Um dos últimos filmes exibidos é Pulp Fiction. Desde aí esta sala de espetáculos teve uma utilização muito esporádica.

Anúncios

1 thought on “Breve história – 2ª parte: o S. Geraldo”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s